Bolsonaro dispara! Aprovação do presidente não para de crescer e mídia se desespera

0
310

Imagine a frustação da grande mídia. Dia após dia produzindo, em escala industrial, matérias porcamente escritas, com suas manchetes sincronizadas e com informações cuidadosamente deturpadas. Tudo para tentar atingir o presidente Bolsonaro com acusações esdrúxulas, (visto que é muito difícil forjar corrupção num governo que não a tolera).

Imagine todos os teclados gastos escrevendo longos textos para distorcer a realidade e negar os fatos. Toda a dissimulação das “Agências de checagem”, que se sentem donas da razão com suas averiguações notavelmente tendenciosas, decidindo o que é verdade e o que é mentira.

Imagine todo esse esforço para desinformar e jogar a população contra o único Presidente nos últimos 35 anos que realmente fala a língua do povo.

Imagine tudo isso indo para o lixo quando a pesquisa Datafolha mostra que, apesar de todos os ataques da militância esquerdistas travestida de impressa, o Governo Bolsonaro viu sua aprovação disparar. Imagine a tristeza dos mesmos em ter que noticiar este fato.

É uma pancada gigantesca nesse pessoal que acredita que a realidade é apenas um mero detalhe que atrapalha suas vontades. O povo confia no Presidente, e não há trapaça midiática que fará mudar de ideia, justamente porque o povo se enxerga em Bolsonaro. O brasileiro vê que o Presidente está lidando de forma exemplar com essa situação trágica e não o culpa por resultados que estão fora de sua alçada.

Se até mesmo um instituto como o Datafolha (que tem um histórico peculiar de realizar pesquisas que erram desfavoravelmente ao Presidente) aponta que a rejeição está caindo e a aprovação subindo, é muito provável que estes números estejam ainda melhores.

Resta à mídia militante, aos caroneiros e à turma anti-Brasil, consolarem uns aos outros. Bolsonaro irá governar até 2022, com o apoio do povo. E muito provavelmente será reeleito.

A população não irá abandonar o Presidente que lutou tanto para eleger. E principalmente, a população não quer saber de abutres midiáticos decidindo o que ela deve pensar.

Confira:

 

Fonte: Jornal Cidade Onlline

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui