Fake News é uma ameaça à Democracia Brasileira

0
349

No dia de ontem (15/10), aconteceu em Manaus o evento DEMOCRACIA DIGITAL – ELEIÇÕES 2020, e durante o acontecimento lançamos no nosso perfil do instagram @asociedadejusta, uma enquete perguntando “Você costumar checar as fontes de informações que compartilha nas Redes Sociais?” e acreditem, quase 60% das pessoas responderam que NÃO checam as fontes! Saiba como evitar as fake news.

Quero contribuir com a segurança da nossa democracia, influenciando vocês a como combater esse tipo de desinformação que vem crescendo exponencialmente no nosso país e no mundo.

Só pra vocês entenderem um pouco desse mercado de fake news, sim, é um MERCADO e pessoas GANHAM DINHEIRO COM ISSO! As principais redes sociais que são utilizadas para espalhar as notícias, são o Facebook e o Whatsapp.

No Facebook, as empresas resposnsáveis pela notícia, compram perfis falsos (muitos!), entram em diversos grupos, e nem sempre esses grupos são relacionados à política, um grupo muito citado no evento foi o “namorizade”, que é um grupo com muitas pessoas, facilmente influenciáveis e que NÃO possuem um posicionamento claro sobre questões políticas, e compartilham por lá as notícias, são MILHARES de grupos como esse.

Já no Whatsapp, é uma terra sem lei, o compartilhamento chega a ser ilimitado, também por conta dos famosos grupos, e como se trata de uma rede mais ” íntima”, os membros dos grupos acabam compartilhando a notícia com seus familiares e por aí vai!

QUEM FAZ O TRABALHO DE “JOGAR” AS NOTÍCIAS EM CADA REDE?

São os bots! Bots são robôs que são instalados nos perfis falsos e que compartilham essas notícias sem parar em todos os lugares possíveis. Pra você ter uma noção do quanto um bot pode ser prejudicial (se usado de forma errada), em 2016, na Ucrânia, eles foram capazes de derrubar a rede elétrica do país inteiro em pleno inverno europeu.

COMO CHECAR SE UMA NOTÍCIA É VERDADEIRA?

  1. Pesquise no Google, verifique a veracidade das fontes.
  2. Se achar alguma notícia duvidosa, envie para a Agência Lupa para eles fazerem os processo de verificação todas as vezes.
  3. Em caso de incerteza da notícia, NÃO compartilhe, isso pode estar destorcendo o debate político brasileiro e é uma ameaça a nossa democracia.

Se você é jornalista/estudante/curioso e gostaria de aprender mais sobre fact-checking (checagem de notícias falsas), a @agencialupa oferece cursos e oficinas sobre o assunto.


Contamos com vocês para uma Sociedade Justa!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui