Deputada, vereadores e empresários viram alvo de operação do MP no Amazonas

0
298

O Ministério Público do Amazonas (MPAM), por intermédio do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO), deflagrou na data de hoje, a operação  “Patrinus”, para o cumprimento de mandados de busca e apreensão e prisões temporárias, contra o atual chefe do Poder Executivo do Município de Coari, alguns Secretários municipais, vereadores, empresários  de Coari e Manaus, além de uma Deputada Estadual.

Todos envolvidos supostamente num esquema criminoso operado em forma de organização criminosa, criada para fraudar licitações, lavar dinheiro e corromper a estrutura de poder do município.

O nome da operação (Patrinus) do latim significa padrinho e se justifica porque as contratações e os pagamentos da prefeitura municipal de Coari eram realizados mediante o auxílio de amigos influentes do chefe do Poder Executivo municipal.

Foram expedidos 04 mandados de prisão temporária e 70 Mandados de Busca Pessoal e de Busca e Apreensão, cumpridos em domicílios, órgãos públicos e em sedes de empresas, na cidade de Manaus e Coari ao mesmo tempo.

A operação contou com a atuação de 04 Promotores de Justiça e mais de 160 policiais,   além de quatro técnicos da Controladoria-Geral da União (CGU), e contou com a força policial cedida pela Delegacia-Geral da Polícia Civil do Estado do Amazonas.

Fonte: Portal do Holanda

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui