Alberto Neto participa de audiência pública sobre Plano Dubai

0
367

Nesta quarta-feira (3), o deputado federal Capitão Alberto Neto participou de uma audiência pública realizada na Comissão de Desenvolvimento, Indústria e Comércio da Câmara dos Deputados a fim de debater o Plano Dubai.

O projeto foi proposto pelo Governo Federal para promover o desenvolvimento econômico da Região Norte em substituição ao atual modelo Zona Franca de Manaus.

Sem anúncio oficial e devido às constantes ameaças sofridas pela ZFM, os parlamentares convidaram representantes do Governo Federal e outras autoridades para esclarecer o planejamento para economia do Amazonas e região.

Alberto Neto enfatizou durante o encontro que é apoiador do Governo, mas não está de acordo com as declarações que vem sendo feitas sem que seja feito primeiro um plano econômico eficaz para substituir o atual modelo de incentivos fiscais.

“Nossa preocupação como representante do povo é que algumas declarações do Governo tem prejudicado a Zona Franca De Manaus. E essas declarações não vêm acompanhadas de estudos, de projetos. Sou apoiador desse Governo e por isso tenho que mostrar quando está errado. No Twitter, uma declaração do presidente causou um transtorno gigantesco”, relembrou Alberto.

Entretanto, o secretário especial do Ministério da Economia, Carlos Costa, presente no encontro explicou que o Plano Dubai é na verdade um estudo que está sendo feito pelo Governo Federal para substituir o modelo ZFM a partir de 2073, quando acabará sua vigência.

Carlos explicou ainda que os técnicos tomaram como exemplo o desenvolvimento alcançado pela cidade de Dubai para inspirar novas matrizes econômicas para Região Amazônica.

Alberto Neto defendeu a manutenção da Zona Franca e questionou a viabilidade econômica para implantação do Plano Dubai.

“Dubai teve um investimento muito alto, de trilhões, e hoje nós vivemos um momento de ajuste fiscal, estamos no meio da Reforma da Previdência, então de onde virá esse recurso para ser investido”, questionou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui