Voluntários do projeto Rondon promovem ações sociais em 12 cidades de Alagoas

0
451

Mais uma edição do projeto Rondon impacta 12 municípios de Alagoas a partir deste sábado (14), com a participação de estudantes de 25 Instituições de Ensino Superior (IES) de diversos estados do país.

A solenidade de abertura da ação aconteceu na noite desta sexta-feira (13), na sede do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMtz), em Maceió.

Realizado pelo terceiro ano no estado e desta vez intitulado como Operação Palmares, a iniciativa segue até o dia 29 de julho e busca levar uma série de ações de bem-estar social, contribuindo para a formação do jovem universitário como cidadãos e para o desenvolvimento sustentável nas comunidades carentes.

Em Alagoas, a única instituição selecionada no projeto, desenvolvido pelo Ministério da Defesa, em parceria com governos estaduais, municipais e instituições de ensino superior, foi a Universidade Estadual de Ciências da Saúde (Uncisal).

A professora Maria Rosa da Silva, uma das coordenadoras, colocou que integrar o Rondon é um privilégio, e que mesmo que as ações sejam pontuais e ocorram apenas por duas semanas, os resultados positivos nos locais beneficiados são visíveis para a organização.

Solenidade de abertura do Projeto Rondon aconteceu nesta sexta-feira (13), na sede do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMtz), em Maceió (Foto: George Arroxelas/G1)
Solenidade de abertura do Projeto Rondon aconteceu nesta sexta-feira (13), na sede do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMtz), em Maceió (Foto: George Arroxelas/G1)

“É uma injeção de ânimo. Esses municípios geralmente não têm a oportunidade que é oferecida através do Rondon. E nós sermos os únicos junto a Universidade de São Paulo (USP), deixa tudo melhor”, comemorou.

Ela e o professor Ewerton Amorim lideram um grupo de oito estudantes para ministrar palestras e atividades lúdicas, com os temas Cultura, Direitos humanos e Justiça, e Educação e Saúde, no município de Olivença, Sertão de Alagoas.

No total, Alagoas recebe mais de 250 integrantes, entre professores e alunos universitários. Entre eles, está o coordenador do Amazonas, Rafael Salgado Silva. Ele já participou do projeto anteriormente, como aluno – agora, ele atua como professor.

“Tendo em vista o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de Alagoas, que é o mais baixo do país, deveriam ter incluído mais municípios, mas houve cortes nos recursos. Nosso objetivo é atender a população dessas comunidades de maneira mais humana possível, com o coração sensibilizado para a causa”, avaliou.

Veja abaixo os 12 municípios alagoanos que serão beneficiados na edição 2018 do projeto:

  • Belém
  • Cacimbinhas
  • Chã Preta
  • Coité do Nóia
  • Jacuípe
  • Jequiá da Praia
  • Jundiá
  • Olivença
  • Quebrangulo
  • Roteiro
  • Joaquim Gomes
  • São José da Laje

Cada cidade receberá uma equipe formada por integrantes de duas universidades.

Rondon

O Projeto Rondon é promovido pelo Ministério da Defesa, forças armadas e universidades, em que é aberto um processo seletivo e as universidades encaminham suas propostas de trabalho, os melhores são selecionados para desenvolvimento das atividades propostas no município que apresentam condições socioeconômicas e/ou IDH baixo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui